2015 ANO DA FIDELIDADE

“EU ESCOLHI O CAMINHO DA FIDELIDADE”

(SALMO 119.30ª)       Pr. Luiz Muniz Leite

 

Wikipédia (enciclopédia livre) define a palavra fidelidade dá seguinte forma: 1. “Qualidade de fiel. 2. Constância, firmeza nas afeições e nos sentimentos; perseverança. 3. Observância rigorosa da verdade, exatidão”. 

Sabemos que em tudo na nossa vida nós passamos por escolhas. Por sua livre vontade, o salmista havia escolhido a lei de Deus e seu caminho. Naturalmente, foi uma escolha educada, porquanto ele havia estudado a questão, em detrimento do mal. O caminho da falsidade (v.29) provavelmente era proveitoso aos ímpios, e os homens maus desfrutam os caminhos da maldade, visando seus próprios interesses.

Mas, o salmista de uma forma corajosa toma uma decisão: “ESCOLHI O CAMINHO DA FIDELIDADE; PROPUS-ME SEGUIR OS TEUS JUÍZOS”. Este versículo tem sido cristianizado e personalizado para fazer o homem enveredar pelo caminho reto de Cristo, que é o padrão da nossa conduta.

O salmista estava determinado a percorrer o caminho da verdade de Deus e a evitar o caminho enganoso do inimigo. Diariamente somos convidados para vivermos a nossa própria vida. Creio que o maior pecado que cometemos é quando não cremos no que diz o Senhor. É isso que o inimigo quer que não creiamos em Deus, nem obedeçamos a seus mandamentos, para que nossas decisões sejam precipitadas e nossos caminhos sejam tortuosos. O inimigo sabe que se fizermos escolhas erradas, isso vai influenciar toda nossa vida. “Há caminho que ao homem parece direito, mas o fim dele são os caminhos da morte” (Pv. 14.12).

A fidelidade cristã é derivada do próprio Deus (Hb.2.4 Gl.5.22). Deus nos dá forças necessárias para andarmos nos seus caminhos. Ninguém pode gabar-se de ser auto- suficiente. É Deus quem nos dá de sua graça para permanecermos firmes em sua presença. “Os meus olhos procurarão os fieis da terra, para estejam comigo; o que anda num caminho reto, esse me servirá” (Sl.101.6).  

A Bíblia Diz: “As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos; porque as suas misericórdias não têm fim. Novas são cada manhã; GRANDE É A TUA FIDELIDADE” (Lm. 3.22-24).   

Nossa integridade fará diferença neste mundo corrupto.

Que o Senhor abençoe a todos abundantemente.